PROJETO LINKS UP

Resumo

Trabalhamos para estimular o crescimento e a competitividade das start-ups do sudoeste de Europa relacionadas com os sectores do e-turismo e da e-saúde. O Links Up concentra-se no processo de aceleração das fases de desenvolvimento e crescimento das empresas.

Objectivo

O objetivo das PME é também o nosso objetivo. Por isso trabalhamos em três eixos principais: facilitamos o acesso ao financiamento, melhoramos a ligação dos produtos com o mercado, e aumentamos a profissionalização das empresas, procurando sempre criar um ecossistema baseado na especialização sectorial.

Sectores

icono-turismo-linksup-sudoe

Turismo

O turismo não tem fronteiras. Abordamos a estratégia global do seu negócio num sector em contínuo crescimento à escala internacional.

icono-biotecnologia-salut-linksup-sudoe

Biotecnologia e saúde

A ciência é a fonte primária do conhecimento. Promovemos projetos que respondem aos seus desafios.

icono-tecnologias-linksup-sudoe

Tecnologias da Informação e da Comunicação

Fomentamos a revolução da informação. Apoiamos projetos cuja essência consista na evolução da comunicação.

Sócios do projeto:

  1. AECT Pirenéus Mediterrâneo. (FR)
  2. Fundação Balear de Inovação e Tecnologia. (ES)
  3. Agência para a Competitividade da Empresa. (ES)
  4. Centro de Inovação Empresarial da Beira Interior. (PT)
  5. Fundação Universidade Empresa da Região de Múrcia. (ES)
  6. Polo Tecnológico Castres-Mazamet. (FR)

Público-alvo

Start-ups
Administração local
Administração regional
Agências de desenvolvimento local
Agências de desenvolvimento regional
Centros e parques tecnológicos e científicos
Microempresas
Pequenas e médias empresas (PME)

Territórios participantes

Castelo Branco / Catalunha / Ilhas Baleares / Occitânia / Região de Múrcia

mapa-euroregio-linksup

O Links Up é um projeto dirigido pela Agrupação Europeia de Cooperação Territorial (AECT) Pirenéus Mediterrâneo.

O Links Up é um herdeiro do projeto Creamed (2012-2015), uma iniciativa da Euro-Região Pirenéus Mediterrâneo que possibilitou a criação de mais de 100 viveiros e mais de 1400 novas empresas.

Creamed_logo